NOTÍCIAS

Ômicron X Delta

10/01/2022

Pesquisadores da Universidade de Copenhague em parceria com a organização governamental Estatísticas da Dinamarca e o Instituto de Pesquisas Statens Serum, publicaram estudo, na última semana, mostrando que a variante Ômicron do coronavírus é melhor em contornar a imunidade das pessoas vacinadas do que a variante Delta, o que explica porque a nova cepa está se espalhando mais rapidamente.

Investigando cerca de 12 mil famílias dinamarquesas em meados de dezembro, os cientistas descobriram que a Ômicron era de 2,7 a 3,7 vezes mais infecciosa do que a variantes Delta entre os pacientes vacinados, o que sugere que é mais eficiente em escapar da imunidade obtida a partir das vacinas.

O estudo também descobriu que as pessoas que receberam a dose de reforço tem menos probabilidade de transmitir o vírus, independente da variante, do que as não vacinadas, e que o risco de uma pessoa ser hospitalizada com Ômicron é a metade do que com a variante Delta.

Retornar
© SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA MINIMAMENTE INVASIVA E ROBÓTICA - SOBRACIL


Desenvolvido por