NOTÍCIAS

Novas pesquisas para o tratamento da COVID

24/05/2021

Uma técnica que começou a ser utilizada na epidemia de Gripe Espanhola, em 1918, pode ser um caminho para o tratamento da Covid-19, especialmente em casos leves e moderados. O Hemorio, Instituto de Hematologia ligado à Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, começa esta semana uma pesquisa para utilizar o plasma de pessoas já vacinadas contra o coronavírus, para tratar pacientes idosos ou com comorbidades, mas que ainda estão com os primeiros sintomas.

A técnica parte da premissa de que , quando uma pessoa se recupera ou é vacinada contra a Covid-19, os anticorpos produzidos por ela e que ajudam a combater a doença, são armazenados pelo corpo no plasma, que é a parte líquida do sangue.

A coleta é feita por uma máquina chamada Aférese, parecida com a de hemodiálise, que consegue captar somente o plasma do sangue, devolvendo para o doador as plaquetas e os glóbulos vermelhos. Em cada coleta, são produzidos 750ml de plasma, que podem ajudar até três pessoas.

A pesquisa, que deverá ocorrer inicialmente em 380 pacientes, vai ocorrer em Unidades de Pronto Atendimento da rede estadual de saúde do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul.

Retornar
© SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA MINIMAMENTE INVASIVA E ROBÓTICA - SOBRACIL


SSL
Desenvolvido por