NOTÍCIAS

Cientistas investigam reaparecimento da COVID-19

31/08/2020

Casos de pessoas que positivam duas vezes para o coronavírus começaram a surgir e vem intrigando os cientistas, que estudam se eles são realmente uma reinfecção ou se a doença não foi curada e o vírus permaneceu no organismo.

Segundo pesquisadores do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ, a ciência ainda não conhece todos os lugares onde o coronavíris pode se alojar no organismo humano. Por isso, os especialistas consideram que a persistência pode ser mais comum que a reinfecção.

O Sars-CoV2 poderia persistir e reemergir em algumas pessoas. Outros vírus fazem isso, como o HPV, principal causa de câncer do colo do útero e que pode permanecer por 20 anos no organismo.

Retornar
© SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA MINIMAMENTE INVASIVA E ROBÓTICA - SOBRACIL


SSL
Desenvolvido por