NOTÍCIAS

Médicos denunciam condições precárias de trabalho na pandemia

18/05/2020

O Conselho Federal de Medicina divulgou pesquisa que aponta cerca de duas mil denúncias de médicos que atuam na linha de frente do combate ao novo coronavírus, relatando da falta de exames para detectar a doença à ausência de equipamentos de proteção, como máscaras e aventais.

A pesquisa mostrou que nos locais onde há denúncia, a probabilidade de casos de morte é bem maior. O estudo foi feito com médicos de todo país, por internet, entre os dias 30 de março e 6 de maio. No total, 1.563 profissionais registraram denúncias em uma plataforma disponibilizada pelo CFM.

Retornar
© SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA MINIMAMENTE INVASIVA E ROBÓTICA - SOBRACIL


SSL
Desenvolvido por