NOTÍCIAS

A alimentação e a pesada rotina dos médicos

09/12/2019

Para um médico, ter energia, se manter saudável e se alimentar corretamente pode parecer um desafio insuperável entre os turnos dobrados, muitas consultas, cirurgias e dias estressantes. Embora esses profissionais aconselhem pacientes em relação à segurança, saúde e bem estar, eles frequentemente colocam a própria saúde em segundo plano.

Segundo a nutricionista Lenycia Neri, em entrevista à Revista DOC, a má alimentação é prejudicial e pode levar a distúrbios gástricos hipoglocemia, aumento do peso e deficiência de vitaminas e minerais. E ela acrescenta que, a longo prazo, a obesidade e doenças crônicas também podem ocorrer.

Por isso, o alerta: “cuidar da saúde é fundamental para quem cuida da saúde dos outros, mesmo que tenha pouco tempo disponível. É tudo uma questão de planejamento!”

E uma informação importante: mais de 80% dos brasileiros não mantém uma alimentação regrada por causa dos compromissos diários, 77% buscam alimentos rápidos e práticos ao longo do dia e 44% consomem o que estiver disponível.

Retornar
© SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA MINIMAMENTE INVASIVA E ROBÓTICA - SOBRACIL


SSL
Desenvolvido por