NOTÍCIAS

Instagram ameaça saúde mental dos jovens

16/10/2017

Algumas das redes sociais mais populares da atualidade, podem ser severamente prejudiciais à saúde mental de seus maiores usuários, crianças e adolescentes. Um novo estudo realizado no Reino Unido tenta medir o impacto dessas mídias em problemas como transtornos de ansiedade e depressão, entre outros.

A pesquisa realizada pela Real Sociedade de Saúde Pública do Reino Unido e pela Universidade de Cambridge analisou o comportamento de 1.500 pessoas entre 14 e 24 anos. Como resultado, a rede fotográfica Instagram foi classificada como a mais prejudicial nesses aspectos.

A maior parte dos entrevistados reconhecem que o aplicativo de compartilhamento de fotos afeta negativamente a sua autoestima, as horas de sono e seu medo de ser excluído de eventos sociais. Consideram ainda, que o Instagram estimula o assédio digital, gera ansiedade e, em menor grau, sintomas depressivos e sensação de solidão.

Retornar
© SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA MINIMAMENTE INVASIVA E ROBÓTICA - SOBRACIL


SSL
Desenvolvido por